26 Setembro 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioDesporto“Não me importo de sofrer golos desde que marque mais que o...

“Não me importo de sofrer golos desde que marque mais que o adversário e ganhe”

Vitória joga amanhã (11 horas), nos Açores, com o Fontinhas, em jogo da 3.ª jornada da Liga 3

 

- PUB -

 

O Vitória entra amanhã, pelas 11 horas, em acção na 3.ª jornada da Liga 3 nos Açores, arquipélago em que vai defrontar o Fontinhas. Na ilha Terceira, os comandados de Micael Sequeira, que na ronda anterior tinham vencido, no Bonfim, o Sporting B (3-2), vão procurar somar o seu primeiro êxito da temporada fora de portas.

Com seis golos sofridos nas primeiras duas rondas – derrota 4-0 com U. Leiria e dois tentos frente aos leões no passado domingo –, os sadinos estão conscientes de que é necessário melhorar o aspecto defensivo, apesar disso não tirar o sono ao técnico. “Temos de trabalhar colectivamente, temos de ser cada vez mais coesos e melhorar o processo. No entanto, eu não me importo de sofrer golos desde que marque mais que o adversário e consiga ganhar”.

- PUB -

E acrescenta: “Sofremos seis golos em dois jogos, mas também já marcámos três. O importante é ganhar, procurar ter um futebol ofensivo e pressionante. As equipas que pressionam alto estão mais sujeitas a sofrer golos por terem mais espaço nas suas costas. Temos de trabalhar e acredito que o processo vai melhorar”, afirma, aludindo à goleada sofrida com os leirienses.

“Foi bastante ingrato o que aconteceu em Leiria, onde tudo correu bem ao adversário e tudo nos correu mal. Ficámos todos em choque porque nunca nos tinha acontecido na pré-época”, disse o treinador, lembrando os números da pré-época. “Marcámos 34 golos e sofremos apenas cinco em nove jogos. Agora, em dois jogos, sofremos seis. A pré-época é importante, mas não é tudo. Fomos apanhados um bocado de surpresa, não esperávamos isto”, admitiu.

Micael Sequeira sublinha que a conquista dos três pontos sobre o conjunto leonino só será valorizada se o resultado positivo for repetido com os insulares. “Estamos muito felizes por ter conseguido uma vitória importante que nos poderá motivar no futuro. Naturalmente, esta vitória não faz sentido se não conseguirmos dar outra boa resposta no próximo jogo com o Fontinhas”.

- PUB -

O oponente chega a este jogo depois de um empate (1-1) com o Caldas e um triunfo (1-0) com o Moncarapachense, razões de sobra para os sadinos estarem avisados da missão complicada que vão enfrentar. “Será um adversário difícil, têm quatro pontos em duas jornadas”, alerta, esperando ter o apoio dos vitorianos nas bancadas. “Temos de recuperar e preparar o próximo jogo nos Açores onde esperamos que os nossos adeptos compareçam”.

Entretanto, segundo a listagem divulgada pela Federação Portuguesa de Futebol, o Estádio do Bonfim registou no passado domingo a segunda melhor assistência da Liga 3. O jogo entre o Vitória e o Sporting B, da 2.ª jornada da prova, teve nas bancadas 1.983 espectadores, número que foi apenas superado pelos 2.192 que, na série A, assistiram à partida entre o Varzim e o Fafe. A fechar o top de assistências esteve o Académica-Amora, com 1.525 espectadores.

Entretanto, no futebol de formação vitoriano, depois das férias, a Escola de Futebol Jotinha reabriu ontem no clube. Os atletas e os respectivos encarregados de educação já podem informar-se na secretaria sobre os horários e os dias dos treinos que vão decorrer no campo sintético n.º 2 do Bonfim e no ‘Maracanã’. O clube informa que os interessados em experimentar pela primeira vez a Escola do Vitória já se podem inscrever no Bonfim.

 

 

Vitória de luto por “Marezas”: Sócio distinguido com prémio “dedicação” morre aos 93 anos

O Vitória está de luto por Mário Venâncio, emblemático sócio do clube que era por todos conhecido porMarezas”, que faleceu na quarta-feira com 93 anos de idade. Muito acarinhado pelos adeptos, “Marezas” era presença assídua no Bonfim e raramente perdia as deslocações da equipa aos campos dos adversários. Em 2019, na Gala do 109.º aniversário do clube, foi agraciado com o prémio especial “dedicação”.

O clube fez questão de assinalar a perda que teve numa publicação feita ontem nas suas redes sociais em que “Marezas” surge ao lado de Zequinha. “Há um mês estávamos assim, hoje é um dia triste. Foi um prazer para todos nós podermos privar com este enorme vitoriano, que carregava com ele o nosso símbolo para todo o lado. Ficam as muitas memórias, os sorrisos, as conversas e o seu apoio incondicional a este clube. Descanse em paz, Marezas”, lê-se no texto. À família enlutada, O SETUBALENSE apresenta as sentidas condolências.

Comentários

- PUB -

Mais populares

“Reunião” dos bombeiros acaba à chapada e ao pontapé com a PSP a ser chamada ao quartel [corrigida]

Demissões na direcção culminaram com agressões físicas entre bombeiros, entre directores, e entre bombeiros e dirigentes

Autoeuropa com legionella não pára produção nem avisa trabalhadores

Empresa diz que nenhuma pessoa foi infectada e que está a cumprir a lei

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos
- PUB -