18 Maio 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioDesportoComércio Indústria joga em Santiago do Cacém e Montijo desloca-se ao Monte...

Comércio Indústria joga em Santiago do Cacém e Montijo desloca-se ao Monte de Caparica

O Desportivo Fabril, que recebe o Seixal no Estádio Alfredo da Silva, deverá ter uma tarde tranquila, ao contrário dos seus perseguidores

 

- PUB -

O Campeonato Distrital da 1.ª Divisão, que já tem a classificação actualizada devido à desistência do FC Setúbal, que só foi desclassificado na segunda volta da competição, embora não tenha completado a primeira, prossegue no próximo domingo com a realização da 29.ª jornada.
Para além dos jogos em que participam os três primeiros classificados há um outro que merece destaque por se tratar de um dérbi concelhio: o que se realiza no Campo do Olival entre o Águas de Moura e o Palmelense.
A equipa visitada tem vindo a realizar um bom campeonato e é mesmo considerada uma das grandes surpresas da competição e ocupa neste momento o quarto lugar na tabela classificativa, mas a formação de Palmela tem vindo a subir de rendimento e nas duas últimas jornadas obteve outras tantas vitórias. Em perspectiva está uma boa partida de futebol em que a maior dose de favoritismo pende para a equipa da casa. Contudo, há que ter em conta também que o Palmelense é o campeão dos empates (11) e que sete deles foram obtidos no campo do adversário. No jogo da primeira volta o Águas de Moura venceu por 3-1.
No que respeita aos clubes da frente, o Desportivo Fabril é o que aparentemente tem a tarefa mais fácil porque joga em casa contra o Seixal que transporta a lanterna vermelha. Entre as duas equipas, que têm objectivos completamente diferentes, há uma enorme diferença tanto em termos classificativos (51 pontos) como em termos individuais e colectivos. Por isso, tudo indica que vai ser um jogo em que a equipa de João Nuno vai conquistar os três pontos, tal como aconteceu na primeira volta (4-1).
Mais dificuldades deverão sentir o Comércio Indústria e Olímpico do Montijo que se deslocam a Santiago do Cacém e ao Monte de Caparica porque defrontam adversários mais complicados. A equipa sadina joga com o U. Santiago que precisa de ganhar porque se encontra envolvido na luta pela fuga à despromoção e os montijenses porque vão ter pela frente uma formação que também precisa de vencer porque perdeu os últimos quatro jogos que disputou. Na primeira volta ambos venceram, o Comércio por 2-0 e o Olímpico por 1-0.
São estes os jogos da 29.ª jornada: Grandolense – Moitense; Cova da Piedade B – Trafaria; Alcochetense – Charneca de Caparica; Desportivo Fabril – Seixal; Pescadores – Alfarim; Águas de Moura – Palmelense; Sesimbra – Vasco da Gama; Monte de Caparica – Olímpico do Montijo; U. Santiago – Comércio Indústria.

II Divisão

Na 2.ª Divisão joga-se a 25.ª jornada de onde sobressai o confronto a realizar no Parque do Serrado entre Amora B e Zambujalense pelo simples facto de a equipa do concelho de Sesimbra ter sido a única que, até agora, conseguiu ganhar ao líder. Como é evidente, os jovens amorenses vão fazer tudo para vingar a derrota.
O Banheirense, segundo classificado, recebe o Ginásio de Corroios que vem de seis derrotas consecutivas. Portanto, se tudo correr normalmente vai conquistar mais três pontos.
Eis os jogos da jornada: Almada – Estrela de Santo André; Amora B – Zambujalense; Samouquense – Paio Pires; Barreirense B – Brejos de Azeitão; Banheirense – Corroios; Lagameças – Arrentela; Pelezinhos – Alcochetense B; Quinta do Conde – Santoantoniense.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -