19 Maio 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioDesportoPreparar equipa para evitar repetição de erros que ditaram desaire com Oliveirense

Preparar equipa para evitar repetição de erros que ditaram desaire com Oliveirense

Mau desempenho na 2.ª parte obriga a reflexão no grupo de trabalho liderado por Filipe Moreira

 

- PUB -

Depois da derrota de domingo, por 2-1, no reduto da Oliveirense, o Vitória FC tem agora duas semanas para preparar o confronto da 2.ª jornada da série 2 da fase de apuramento para o play-off da Liga 3, agendada para 3 de Março, diante do Sp. Braga.

Antes de se debruçarem sobre o próximo oponente, a prioridade do treinador Filipe Moreira vai ser avaliar com os atletas o que correu mal, sobretudo na segunda parte, do duelo em Oliveira de Azeméis.

Recorde-se que no Estádio Carlos Osório, os sadinos entraram melhor no encontro e adiantaram-se no marcador à passagem do oitavo minuto com um golo de José Varela, extremo que teve a possibilidade de ampliar a vantagem ainda antes do quarto de hora do jogo.

- PUB -

A reacção dos anfitriões não tardou e só não conseguiram repor a igualdade antes do intervalo devido a um par de excelentes intervenções do guardião João Valido.

A quebra de rendimento verificada no conjunto do setubalense foi gritante no segundo tempo, período em que a Oliveirense entrou determinada a alterar o rumo dos acontecimentos.

Perante a apatia do Vitória, o golo do empate chegou, sem surpresa, aos 57 minutos, através de Raniel, central que foi à área contrária ganhar nas alturas um lance entre três opositores, cabeceando para o 1-1.

- PUB -

Reposta a igualdade, coube a Tiago Duque, que já por várias vezes tinha testado a atenção do guarda-redes vitoriano em remates de meia distância, desempenhar o papel de herói. Aos 65 minutos, o lateral-esquerdo aproveitou uma defesa incompleta de João Valido para encostar para o tento da reviravolta. Mais do que a fragilidade defensiva evidenciada nos sadinos, sobressai a incapacidade de levar perigo à área contrária.

Sinal inequívoco desse aspecto, que tem de ser melhorado no futuro para que a equipa possa criar oportunidades flagrantes de golo nas cinco finais que restam, é o facto de só por uma vez terem obrigado o guarda-redes Nuno Silva a aplicar-se para evitar o golo, aos 90+3 minutos. A tentativa de chapéu feita por Zequinha já em período de compensação é esclarecedor da inoperância atacante dos verdes e brancos na partida.

Nas sessões de trabalho que o treinador Filipe Moreira vai orientar nos próximos dias, no Estádio do Bonfim e no Complexo Desportivo Municipal do Vale da Rosa, a equipa vai preparar a estratégia a colocar em prática no duelo que se realiza a 3 de Março, pelas 15 horas, em Setúbal, frente ao Sp. Braga. Recorde-se que os minhotos, que se estrearam ontem de noite na fase de subida frente ao U. Leiria, terminaram a série A da Liga 3 na 3.ª posição.

Triunfo na 1.ª Divisão da AF Setúbal

A contar para a 27.ª jornada da 1.ª Divisão Distrital da Associação de Futebol de Setúbal, o Vitória ganhou, por 3-1, ao Charneca da Caparica. Os três pontos somados domingo no Campo Municipal Júlio Adrião permitiram aos comandados de Paulo Martins atingir a fasquia dos 49 pontos, registo que mantém a equipa na sexta posição a par do Moitense e a um ponto de distância do Águias de Moura.

O êxito dos setubalenses acontece depois de duas jornadas sem vencerem – derrota 2-3 com Olímpico do Montijo e empate (0-0) com o vizinho Comércio e Indústria – e antecede a deslocação que terão no fim-de-semana ao reduto do Palmelense. No campo Cornélio Palma, o Vitória vai ter pela frente o actual 10.º classificado, com 32 pontos, que chega a este encontro moralizado pelo triunfo (1-3) obtido domingo com o Cova da Piedade B.

Sub-17 Sadinos fora da 3.ª fase por diferença de golos

Apesar de ter terminado a 3.ª fase (play-off) com os mesmos sete pontos do Belenenses, a equipa de futebol de sub-17 do Vitória falhou o objectivo de ser 1.º classificado devido à diferença de golos. Os sadinos marcaram 7 golos e sofreram 2 (saldo positivo de 5 golos), enquanto os lisboetas e fizeram 8 e sofreram 2 (saldo positivo de 6 golos).

Recorde-se que a equipa sub-17 iniciou o play-off de acesso à fase final do Campeonato Nacional de Juvenis na quarta-feira com uma vitória, por 2-0, frente aos açorianos do União Micaelense. Nessa partida, Rodrigo Grenha e André Gomes foram os marcadores de serviço dos setubalenses.

Na sexta-feira, a contar para a 2.ª jornada da play-off, Vitória e Belenenses empataram (1-1). O tento dos verdes e brancos foi da autoria de Bernardo Afonso. A igualdade manteve os dois clubes na frente da tabela, com quatro pontos cada, e adiou para a derradeira jornada a realizar domingo, dia em que os sadinos defrontaram o Marítimo e os azuis o U. Micaelense.

Os golos de Afonso Carvalho (2), André Gomes e Simão Rodrigues permitiram ao Vitória ganhar 4-1 aos madeirenses, mas o resultado foi insuficiente para assegurar o 1.º posto, uma vez que o Belenenses goleou (5-0) o conjunto açoriano da ilha de São Miguel.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -