16 Maio 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioDesportoSonho vitoriano da subida à II Liga começa domingo a ser jogado...

Sonho vitoriano da subida à II Liga começa domingo a ser jogado em Oliveira de Azeméis

Adversários dos sadinos na fase de subida são os três melhores ataques da Liga 3

 

- PUB -

Depois de ter atingido a 5 de Março a presença na fase de subida à II Liga, o Vitória começa este domingo, a partir das 17 horas, a lutar no minicampeonato a quatro que vai decidir quem vence a série 2 da fase de subida da Liga 3.

Pela frente, os sadinos vão encontrar a Oliveirense, conjunto que terminou na segunda posição da zona Norte da prova, com 38 pontos, apenas um atrás do primeiro classificado, Felgueiras.

A missão dos comandados de Filipe Moreira, treinador que liderou a os sadinos nas últimas três jornadas levando-os a alcançar a quarta posição, não se adivinha fácil num grupo em que, além da Oliveirense, tem o U. Leiria e Sp. Braga B como oponentes. Curiosamente, os leirienses (41 golos), oliveirenses (39) e bracarenses (37) são os detentores dos melhores ataques entre os 24 clubes da Liga 3.

- PUB -

Como se não bastassem as qualidades ofensivas colectivas dos três adversários que o Vitória vai enfrentar, em termos individuais, os leirienses e oliveirenses tiveram os melhores artilheiros da Liga 3: Gonçalo Gregório (15 golos) e João Paredes (12), respectivamente. Estes números servem de alerta a Filipe Moreira que já alertou a sua equipa para a necessidade de concentração máxima em todos os momentos do jogo.

Apesar de Filipe Moreira ter desde a sua chegada realizado apenas três jogos à frente da equipa técnica, é visível nessa amostra a melhoria do comportamento dos setubalenses a nível defensivo. Nos duelos travados com Oriental Dragon (triunfo 1-0), Cova da Piedade (1-1) e Alverca (1-0), a equipa sofreu apenas um golo, registo que perfaz uma média de 0,3 por encontro.

Estes números contrastam com os obtidos pelos seus antecessores António Pereira e Pedro Gandaio, que estiveram à frente da equipa em cinco e 14 partidas, respectivamente. No que a golos sofridos diz respeito, a média de ambos os ex-técnicos foi de 1,2, resultantes de seis e 17 tentos sofridos nos encontros realizados na temporada 2021/22.

- PUB -

Outro registo que joga a favor de Filipe Moreira, que promete tudo fazer para que a sua equipa entre com o pé direito no Estádio Carlos Osório, em Oliveira de Azeméis, é a média de pontos por jogo. Não obstante a amostra de jogos ser reduzida em comparação com António Pereira e, sobretudo, Pedro Gandaio a estatística serve de indicador para a melhoria que se verificou no desempenho da equipa.

Senão vejamos: a média de pontos somados com António Pereira foi de 1,8 pontos por jornada (5 jogos, 3 vitórias, 2 derrotas=9 pontos) e de Pedro Gandaio foi de 1,5 (14 jogos, 6 vitórias, 3 empates, 5 derrotas=21 pontos). Já o actual timoneiro dos sadinos conseguiu que a equipa tivesse uma média de 2,3 pontos por encontro (3 jogos, 2 vitórias, 1 empate=7 pontos).

Uma ausência e um regresso

Depois de ter sido expulso na partida anterior, diante do Alverca, o lateral-esquerdo Nuno Pinto vai cumprir um jogo de castigo e não vai poder por isso dar o contributo à equipa no duelo com a Oliveirense. Em sentido contrário, o senegalês François volta a ser opção no centro da defesa, depois de ter cumprido um jogo de suspensão na sequência do cartão vermelho que lhe tinha sido exibido no jogo com o Cova da Piedade.

Não é só dentro das quatro linhas que vão existir novidades na ficha de jogo em Oliveira de Azeméis. O treinador Filipe Moreira, que esteve ausente do banco de suplentes no embate decisivo com o Alverca, está de regresso, depois de ter cumprido castigo em resultado da expulsão de que foi alvo, tal como François, na Malveira, frente aos piedenses.

Numa fase em que todas as seis jornadas que têm pela frente são autênticas finais, o aspecto disciplinar requer uma atenção especial de todos os intervenientes no jogo. Além da evidência de que a equipa é prejudicada nos 90 minutos sempre que fica a jogar com menos de 11 elementos, há ainda a consequência de esses mesmos atletas cumprirem castigo nas partidas seguintes.

1.ª Divisão da AF Setúbal: Sadinos defrontam Charneca da Caparica

Após o empate (0-0) imposto no dérbi sadino realizado no campo da Bela da Vista frente ao líder Comércio e Indústria, o Vitória vai no domingo defrontar, no campo Municipal Júlio Adrião, em Setúbal, o Charneca da Caparica, em partida da 27.ª jornada da 1.ª Divisão da Associação de Futebol de Setúbal. Os caparicanos, actual 8.º classificado (38 pontos) chegam a este jogo moralizados pelo êxito (2-1) sobre o Cova da Piedade.

Já os setubalenses, que ocupam a 6.ª posição da tabela, estão envolvidos numa luta acesa pelo 4.º lugar com o Águas Moura (4.º com 47 pontos), Moitense (5.º que tal como o Vitória tem 46 pontos) e Pescadores (7.º com 45). Refira-se que na primeira volta da prova, realizada a 31 de Outubro de 2021, os comandados de Paulo Martins tinham ido ao campo Cassapo, na Charneca, vencer, por 2-1.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -