28 Janeiro 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioDesportoVitória com os olhos postos nos lugares de acesso à fase...

Vitória com os olhos postos nos lugares de acesso à fase de subida

Jogo em atraso com Caldas realiza-se hoje (18:30 horas) no Bonfim

Em caso de triunfo, sadinos ascendem ao 4.º lugar

 

- PUB -

 

Após as derrotas com o Amora (1-0) e U. Leiria (0-2), o Vitória FC procura hoje, a partir das 18:30 horas, no Estádio do Bonfim, reencontrar-se com os êxitos na série B da Liga 3 no duelo frente ao Caldas. Em caso de triunfo, os sadinos, que ocupam actualmente a 7.ª posição (17 pontos), ascendem ao 4.º lugar, reentrando já nos lugares que dão acesso à fase de subida à II Liga.

Conscientes da importância da partida, que poderá interromper a série negativa que atravessam, os comandados de Pedro Gandaio vão querer dar uma resposta imediata ao duelo que travaram sexta-feira em Setúbal com os leirienses. Recorde-se que na altura, insatisfeitos com o desempenho e o desfecho do encontro, os adeptos vitorianos presentes no estádio não pouparam críticas à equipa.

- PUB -

Apesar do curto espaço de tempo que teve para preparar a equipa, o timoneiro dos sadinos afirmou logo após o jogo que a melhor resposta que o plantel pode dar à má exibição é conquistar já os três pontos com o Caldas, clube que volta a actuar em Setúbal mais de 40 anos depois de o ter feito pela última vez numa eliminatória da Taça de Portugal que os verdes e bancos venceram (1-0) na temporada de 1980/81.

Antes desse embate na prova rainha, todos os confrontos que houve entre vitorianos e caldenses ocorreram na década de 1950, sempre a contar para o primeiro escalão do futebol português. Entre 1955/56 e 1958/59, o Vitória defrontou no campo dos Arcos o adversário desta tarde, logrando três triunfos (3-0 em 1955/56, 5-2 em 1957/58 e 4-2 em 1958/59) e um empate (1-1 em 1956/57).

Mais equilibrados foram os jogos disputados, também na I Divisão, nas Caldas da Rainha, localidade em que se registaram duas vitórias para cada lado. Em 1955/56, os anfitriões venceram por 3-1, tendo nas duas épocas seguintes o triunfo sorrido aos setubalenses (3-5 e 1-2). Já na última vez que os emblemas mediram forças no escalão principal, em 1958/59, o Caldas levou a melhor, por 4-1.

- PUB -

Refira-se que o duelo com o Caldas, que segue no 5.º posto da tabela, é referente à 7.ª jornada, que era para ter sido realizada a 31 de Outubro, sendo na altura adiada devido as casos de Covid-19 que afectaram o plantel caldense. Mesmo depois da partida de hoje, o Vitória continuará com uma partida em atraso, uma vez que o encontro da quinta ronda, com o U. Santarém, só será jogado a 30 de Dezembro.

Entretanto, o Vitória esteve ontem representado no Workshop dedicado à Liga 3, que decorreu na Cidade do Futebol, em Oeiras. O Encontro juntou representantes dos 24 clubes participantes na prova, tendo sido abordados vários temas como as infraestruturas, indicadores desportivos, fundos de apoio e comunicação. O encontro teve, entre outros, intervenções do vice-presidente e director técnico nacional José Couceiro, e reuniu todos os elementos numa fase inicial, havendo posteriormente uma sessão exclusivamente destinada a treinadores e outra a dirigentes.

Comentários

- PUB -

Mais populares

D. José Ornelas deixa de ser Bispo de Setúbal

O SETUBALENSE sabe que o Prelado vai substituir D. António Marto na Diocese de Leiria-Fátima

Autocarro consumido pelas chamas no centro de Setúbal [corrigida]

Viatura dos TST circulava perto do Comando da PSP. Passageiros e motorista saíram ilesos

Moradores do condomínio da Quinta da Trindade queixam-se de ruído vindo de estaleiro naval

A decapagem do casco de navios está a tirar o sossego a quem reside nas proximidades do estaleiro. Empresa diz que está a mitigar incómodo
- PUB -