2 Dezembro 2021, Quinta-feira
- PUB -
InícioDesportoGalitos é a única equipa invencível da Proliga

Galitos é a única equipa invencível da Proliga

Entre as 16 equipas que disputam a competição, nas zonas norte e sul, o Galitos Barreiro é a única que conta por vitórias os jogos disputados

 

- PUB -

O Galitos Barreiro, que venceu o Queluz por 89-62, em jogo realizado no Pavilhão Municipal Luís de Carvalho, a contar para a quinta jornada da Proliga, é a partir de agora a única equipa invencível da competição, porque o Esgueira (na zona norte) e o Barreirense (na zona sul) foram derrotados nesta jornada.

O êxito alcançado pela equipa orientada por Miguel Minhava é indiscutível porque foi superior ao adversário em todos os aspectos e andou sempre na frente do marcador, como se pode verificar pelos parciais registados (19-8, 17-18, 21-14 e 33-21).

Malcolm Richardson com 13 pontos, 9 ressaltos, 9 assistências e dois desarmes de lançamento foi o jogador que mais se destacou na equipa da margem sul do Tejo mas em muito bom nível estiveram também Ricardo Guerreiro que marcou 14 pontos, Gonçalo Silva e Inácio Sassinda ambos com 12 pontos, e Josimar Cardoso com 11 pontos.

- PUB -

O Galitos, que segue na frente só com vitórias mas em igualdade pontual com o Belenenses e Portimonense que têm mais um jogo, desloca-se no próximo sábado, dia 13 de Novembro, a Olhão onde defronta às 17 horas o Ginásio “Patês Manná”.

Barreirense perde na Luz

O Barreirense foi derrotado no Pavilhão Fidelidade pelo Benfica B, por 71-58, sofrendo aquela que foi a sua primeira derrota na competição. A equipa barreirense, que vinha dando muito boa conta de si, desta vez não conseguiu impor a sua qualidade de jogo e acabou por sair penalizada.

- PUB -

O Barreirense entrou muito mal no jogo e no primeiro período só conseguiu fazer seis pontos contra 21 dos benfiquistas e o desacerto continuou até ao intervalo que se atingiu com o resultado de 44-16 favorável ao Benfica B.

Na segunda parte a equipa melhorou substancialmente a sua produção de jogo e venceu o terceiro período com o parcial de 10-26 mas depois voltou a estagnar e o Benfica acabou por vencer sem qualquer tipo de dificuldade.

Na próxima jornada, sábado, o Barreirense regressa a casa para defrontar o Belenenses, um dos primeiros classificados, às 15 horas.

GDESSA vence CAB Madeira

Na Liga Feminina o GDESSA Barreiro obteve a sua quinta vitória em seis jogos realizados. A vítima desta vez foi o CAB Madeira que não resistiu ao maior poder de fogo da formação orientada por Ricardo Oliveira, embora tenha dado boa réplica em especial na segunda parte.

O GDESSA a jogar em casa assumiu o comando do jogo e chegou ao intervalo com oito pontos de vantagem (34-26), tendo conquistado seis no primeiro período (19-13) e dois no segundo (15-13).

Na segunda parte o jogo foi ainda mais equilibrado com 15-15 no terceiro período e 18-19 no último, mas apesar do esforço das madeirenses o triunfo acabou por sorrir à equipa do Barreiro (67-60), que nunca esteve em desvantagem e obteve um registo de 100% na linha de lance livre.

As jogadoras com melhor desempenho na partida foram Maianca Umabano com 18 pontos, três ressaltos e duas assistências, Briana Green que obteve 16 pontos e Leonor Serralheiro com 11 pontos.

O GDESSA volta à competição apenas no dia 21 de Novembro, recebendo no Pavilhão Municipal Luís de Carvalho, às 15 horas, a equipa do Clube Desportivo da Escola Francisco Franco (Funchal).

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Volkswagen anuncia novo investimento de 500 milhões na Autoeuropa nos próximos cinco anos

Valor vai ser aplicado "em produto, equipamento e infra-estruturas", explicou Alexander Seitz
- PUB -