2 Dezembro 2021, Quinta-feira
- PUB -
InícioDesporto“Hoje temos um clube e uma SAD com as contas regularizadas, salários...

“Hoje temos um clube e uma SAD com as contas regularizadas, salários em dia e dois PER aprovados”

Assembleia Geral extraordinária do Vitória realiza-se hoje, às 18h30, no Pavilhão Antoine Velge

 

- PUB -

Após a sessão de esclarecimento de anteontem, na sala do Bingo, do Estádio do Bonfim, os sócios do Vitória FC vão hoje pronunciar-se na Assembleia Geral extraordinária que tem início agendado para as 18:30 horas, no Pavilhão Antoine Velge.

David Leonardo, presidente da Mesa da AG, apela a uma “participação massiva” dos associados numa reunião magna que poderá ser o ponto de viragem na vida do emblema setubalense.

Depois de a MAG ter anunciado anteontem a retirado o ponto 2 da Ordem de Trabalhos – “alienação de 41 lotes de terrenos pertencentes ao clube, por doação da Câmara Municipal de Setúbal” –, referindo “que se levantaram questões relacionadas com a identificação e com o registo dos terrenos”, todas as atenções estão agora centradas no ponto 3: “Alienação a terceiros de parte da participação do VFC e da VITORIAPART SGPS, SA no capital social da VFC SAD”.

- PUB -

Questionado sobre este tema, David Leonardo não tem dúvidas dos méritos do trabalho realizado por quem está à frente dos destinos do clube. “Hoje temos um Clube e uma SAD com as contas regularizadas, salários em dia e dois PER (o do clube e o da SAD) aprovados! A equipa de futebol profissional cumpriu os pressupostos financeiros e está inscrita na Liga 3. Mantivemos as outras modalidades em pleno funcionamento, designadamente o futsal e o andebol, que milita na primeira divisão. Não poderia estar mais orgulhoso do nosso trabalho”.

Como decorreu a sessão de esclarecimento em que estiveram presentes mais de uma centena de associados?

A sessão de ontem correu muito bem. Realizou-se num ambiente muito tranquilo em que os sócios do Vitória puderam colocar todas as questões que consideraram necessárias e que só terminou quando não existiam mais perguntas a fazer.

- PUB -

Concluímos, portanto, que a sessão cumpriu o seu objectivo, permitindo que os sócios presentes participem na AG de sexta-feira feira devidamente esclarecidos e em condições de votar em consciência. Naturalmente, sendo esta uma mera sessão de esclarecimentos, as matérias ontem discutidas voltarão a ser debatidas na AG, prestando as devidas informações aos sócios que não puderam estar presentes, antes de colocar o ponto 3 a votação.

Os actuais órgãos sociais estão em funções há quase 10 meses. Que balanço faz deste período?

O melhor possível. Em Dezembro de 2020, a quase totalidade dos membros do universo vitoriano, incluindo pessoas com responsabilidades executivas num passado recente, defendiam a insolvência da SAD, com as consequências que isso traria para a continuidade (ou fim) do clube. Em Janeiro de 2021, eram tantos os que esperavam que o clube acabasse…

Hoje temos um Clube e uma SAD com as contas regularizadas, salários em dia e dois PER (o do clube e o da SAD) aprovados! A equipa de futebol profissional cumpriu os pressupostos financeiros e está inscrita na Liga 3. Mantivemos as outras modalidades em pleno funcionamento, designadamente o futsal e o andebol, que milita na primeira divisão. Não poderia estar mais orgulhoso do nosso trabalho.

Quais os maiores desafios e dificuldades com que se têm debatido?

Até o nosso associado Hugo Pinto entrar em campo, sobrevivíamos praticamente sem qualquer receita. A inexistência de receitas televisivas e de bilheteira e a diminuição das receitas provenientes das quotizações (a que não foi alheia a despromoção da equipa profissional de futebol ao Campeonato de Portugal e a pandemia da Covid-19) criaram profundas dificuldades.

Foi preciso muita dedicação e esforço e felizmente recebemos o apoio dos sócios e das forças vivas da cidade: cidadãos, empresários, instituições, designadamente a Câmara Municipal de Setúbal. Só assim foi possível manter o clube à tona e, agora, colher os frutos que o nosso parceiro tem proporcionado. O investimento efectuado é muito elevado e permitiu que a parte financeira deixasse de assumir uma dificuldade tão sentida.

Que mensagem deixaria aos sócios que estão indecisos sobre se devem comparecer na AG?

A história mostra-nos que se os sócios do Vitória tivessem estado mais presentes e tivessem sido mais interventivos no passado, não estaríamos a passar por esta situação. Não comparecer nesta Assembleia é demitirmo-nos de discutir e decidir o que mais importa para o clube. Apelamos, por isso a uma participação massiva na próxima AG.

Vitória joga amanhã (19:30 horas) na Liga 3: Adeptos têm 420 bilhetes disponíveis para jogo com Real

Depois dos últimos dois compromissos terem sido a contar para a Taça de Portugal (triunfo 2-0 sobre o Vianense e derrota pelo mesmo resultado com o Vizela), o Vitória volta amanhã, mais de um mês após terem ido vencer (1-0) à casa do Sporting B, a competir na Liga 3. No campo do Real, em Monte Abraão, os adeptos vitorianos têm à sua disposição 420 bilhetes (120 na bancada destinada ao público em geral, no sector 2, a um custo de 10 euros e 300 lugares, a cinco euros cada ingresso, na bancada exclusiva para adeptos sadinos).

Recorde-se que a equipa comandada por António Pereira segue na 3.ª posição da tabela com nove pontos em quatro jornadas, enquanto o conjunto de Queluz, com mais uma partida disputada é quinto da classificação, com outo pontos. Torreense e U. Leiria, com 13 e 10 pontos, respectivamente, em cinco jornadas seguem nas primeiras duas posições da série B (zona Sul) da Liga 3.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Volkswagen anuncia novo investimento de 500 milhões na Autoeuropa nos próximos cinco anos

Valor vai ser aplicado "em produto, equipamento e infra-estruturas", explicou Alexander Seitz
- PUB -