2 Dezembro 2021, Quinta-feira
- PUB -
InícioDesportoRicardo Estrelado: “Jogadores do Pinhalnovense estão sem receber desde o início da...

Ricardo Estrelado: “Jogadores do Pinhalnovense estão sem receber desde o início da época”

Investidor deu o dito por não dito. Jogadores ainda não viram a cor do dinheiro e alguns já manifestam vontade de abandonar o clube

 

- PUB -

O Pinhalnovense está a causar sensação no Campeonato de Portugal porque lidera só com vitórias a Série D do Campeonato de Portugal e o feito conseguido pela equipa ganha ainda maior relevo porque esta época os jogadores ainda não viram a cor do dinheiro.

A situação está a causar grande desconforto em todo o grupo de trabalho onde se inclui também o treinador Ricardo Estrelado que em declarações ao SETUBALENSE revelou grande preocupação com o que se está a passar porque foi ele que escolheu os jogadores.

“Estamos a aguardar o desfecho das negociações que estão a decorrer e nos próximos dias poderão surgir novidades. Se o desfecho for favorável temos condições para fazer uma época tranquila mas se isso não acontecer vai ser muito difícil. Se não houver entendimento e não entrarem novos investidores será muito complicado manter o barco a navegar”, disse a propósito Ricardo Estrelado, que aponta o dedo ao investidor que deu o dito, por não dito.

- PUB -

“Com 80% do capital da SAD, o investidor brasileiro (que já tinha falta de liquidez financeira na época passada) mandou avançar para a nova época e depois manifestou vontade de não continuar a investir. A sua decisão é legítima mas o ‘timing’ não é o mais adequado porque agora não podemos voltar atrás”, lamenta o treinador, que realça entretanto o carácter e o desempenho dos jogadores.

“Este bom início de campeonato deve-se claramente aos jogadores, à equipa técnica e a toda a estrutura que conseguiu criar um grupo unido onde todos têm sido inexcedíveis no trabalho e no compromisso. Os jogadores têm feito tudo para honrar a camisola e o símbolo que trazem ao peito. O segredo tem sido o trabalho, o compromisso, a dedicação, a lealdade e a vontade enorme de defenderem as cores do clube”.

Numa breve análise aos jogos efectuados e às vitórias conseguidas, Ricardo Estrelado referiu que “o Moncarapachense é uma equipa que vai ficar mais acima do que está no campeonato porque tem um plantel batido, experiente, e uma ideia de jogo que o ano passado o levou ao 5.º lugar, foi uma vitória difícil mas inteiramente merecida”.

- PUB -

“Em Montemor vencemos o União Sport num jogo em que fomos claramente superiores e o resultado de 3-1 até poderia ter tido uma expressão maior. O Olhanense foi o adversário mais difícil que apanhámos, eles dominaram grande parte do jogo mas nós, com as nossas valências, controlámos sempre e numa das chances que tivemos acabámos por marcar o golo que nos deu a vitória. No cômputo geral são três vitórias, em três jogos que nos colocam isolados no primeiro lugar. É com muito gosto que lá estamos e é por lá que queremos continuar por mais tempo”.

O campeonato encontra-se parado devido à 3.ª eliminatória da Taça de Portugal e no regresso a equipa de Pinhal Novo recebe o Imortal, no dia 24 de Outubro, no Campo Santos Jorge.

“O Imortal não é um adversário qualquer, já foi visto e analisado por nós. Vai ser um jogo muito difícil, como aliás são todos os jogos do Campeonato de Portugal, porque as equipas são muito equilibradas. Não há uma diferença muito grande entre elas mas, como o jogo é em nossa casa, com todo o respeito pelo Imortal, vamos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para conquistar os três pontos e manter a nossa posição no primeiro lugar”, disse a propósito Ricardo Estrelado que considera surpreendente o que a equipa está a fazer porque foi formada há última da hora numa altura em que o mercado já era muito reduzido.

“Temos um plantel de 23 jogadores, 20 dos quais que chegaram esta época ao clube. Da época passada ficaram apenas três, o guarda-redes brasileiro Matthaus, o grande capitão Alain Pilar que está a fazer uma excelente temporada e o Valter que esteve lesionado muito tempo, e foi pouco utilizado por isso. O plantel foi construído muito perto do início do campeonato com um plafond muito reduzido, mas a verdade é que conseguimos formar um grupo de jogadores com grande carácter, como se comprova pelos bons resultados conseguidos perante tão grandes dificuldades”.

Para que todos fiquem com uma ideia concreta da gravidade da situação, Ricardo Estrelado que ainda tem por receber vencimentos da época passada, fez questão de salientar que “nem roupeiro temos, essas funções são desempenhadas por dois jogadores; temos um director que faz tudo; uma directora que apaga os fogos e um treinador e uma equipa técnica que ajuda em tudo o que pode. A incapacidade financeira é gritante e no clube ainda ninguém recebeu nada até hoje. O que tem valido é a união da equipa, a entrega, o grande compromisso e a atitude dos jogadores. É quase inacreditável uma equipa com dois meses de trabalho, sem nada receber, fazer estes resultados”.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Volkswagen anuncia novo investimento de 500 milhões na Autoeuropa nos próximos cinco anos

Valor vai ser aplicado "em produto, equipamento e infra-estruturas", explicou Alexander Seitz
- PUB -