28 Setembro 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioDesportoGrupo Desportivo Criar-t disputa título de Campeão Nacional da 3.ª Divisão de...

Grupo Desportivo Criar-t disputa título de Campeão Nacional da 3.ª Divisão de hóquei em patins

HC Maia, Termas de S. Pedro do Sul e Benfica B são os adversários da equipa seixalense que partiu para a Mealhada disposta a ganhar.

 

- PUB -

O Grupo Desportivo Criar-t, vencedor indiscutível da zona sul B do campeonato nacional da terceira divisão, vai disputar este fim-de-semana, na Mealhada, o título de campeão.

Em competição, vão estar, nos pavilhões da Ventosa do Bairro e do Luso, os quatro vencedores de série: Hóquei Clube da Maia (Norte A), Termas de S. Pedro do Sul (Norte B), Benfica B (Sul A) e GD Criar-t (Sul B) que se defrontam em jornada concentrada, que tem início esta sexta-feira e termina no próximo domingo.

A equipa seixalense, comandada por Eduardo Marques, começa por defrontar, no Pavilhão Municipal Ventosa do Bairro, o Benfica B no primeiro dia do torneio, às 19 horas, realizando-se depois, no mesmo local, às 21 horas, o Termas – HC Maia.

- PUB -

No sábado, o GD Criar-t defronta o Termas de S. Pedo do Sul às 15 horas e o HC Maia mede forças com o Benfica B, às 17 horas, no Pavilhão do Luso.

A taça de campeão nacional será entregue no domingo após a conclusão dos últimos encontros que vão colocar frente a frente, também no pavilhão do Luso, Criar-t – HC Maia e Benfica B – Termas de S. Pedro do Sul.

Os seixalenses, que foram os vencedores da Zona Sul B, com seis pontos de vantagem sobre o Marítimo dos Açores, fizeram uma primeira fase irrepreensível com 17 vitórias e uma derrota, nos 18 jogos disputados e é exactamente com o espírito de vitória que vão defrontar os seus adversários

- PUB -

De referir que os quatro finalistas já garantiram a promoção ao Campeonato Nacional da 2.ª Divião da próxima época.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos

Autoeuropa com legionella não pára produção nem avisa trabalhadores

Empresa diz que nenhuma pessoa foi infectada e que está a cumprir a lei

“Reunião” dos bombeiros acaba à chapada e ao pontapé com a PSP a ser chamada ao quartel [corrigida]

Demissões na direcção culminaram com agressões físicas entre bombeiros, entre directores, e entre bombeiros e dirigentes
- PUB -