4 Agosto 2021, Quarta-feira
- PUB -
Início Desporto Nuno Pinto: “Para o ano voltaremos a tentar ainda mais fortes”

Nuno Pinto: “Para o ano voltaremos a tentar ainda mais fortes”

Após cumprir a sua sétima época no Vitória FC, Nuno Pinto promete nova luta em 2021/22

“Sem sombra de dúvidas, foi a temporada mais complicada da minha carreira”, afirma

 

- PUB -

Há sete épocas consecutivas ao serviço do Vitória FC, Nuno Pinto é uma referência incontornável da história recente do emblema setubalense. Aos 34 anos de idade, o defesa foi uma das principais figuras da equipa em 2020/21, temporada que não hesita em considera “a mais complicada” de uma carreira que já leva quase duas décadas.

Apesar das dificuldades vividas na época em que os sadinos competiram no Campeonato de Portugal, o jogador, que contribuiu para a equipa vencer a série H da prova e terminar na terceira posição da fase de acesso (zona Sul) à II Liga, mostra-se optimista no futuro e aponta já baterias à participação do clube na Liga 3.

“Para o ano, voltaremos a tentar ainda mais fortes e com a certeza que este clube é realmente diferente e especial”, escreveu Nuno Pinto na sua página de Instagram, aproveitando a ocasião para, em jeito de balanço, admitir a dureza da época vivida. “Mais uma época terminou. Sem sombra de dúvidas, foi (a temporada) mais complicada da minha carreira”.

- PUB -

O lateral-esquerdo, que chegou ao Bonfim em 2015/16 oriundo dos romenos do Astra Giurgiu, confessou na mensagem publicada que o apoio vindo de quem com ele conviveu no balneário ajudou a superar as dificuldades. “Como em tudo na vida, com amor, força de vontade e sacrifício, tudo se consegue. Foi simplesmente isso que aconteceu. Obrigado a todos sem excepção, desde a equipa técnica, médica, rouparia, staff, e claro, a nós jogadores”.

Nuno Pinto, que contabiliza já mais de 150 partidas com a camisola verde e branca, quase todas durante o período em que o Vitória esteve no escalão principal até Julho de 2020, fez questão de deixar também uma mensagem aos vitorianos. “Uma palavra também para os nossos adeptos, que mesmo passando pela pior fase do clube, nunca viraram a cara á luta e nos fizeram chegar mensagens de apoio e muito carinho”.

Como homem de família que é Nuno Pinto, que em momentos de grande adversidade já várias vezes sublinhou publicamente a importância da força que resulta do apoio incondicional da sua família, em particular da sua mulher Cátia e dos seus três filhos, não esquece a força que traz de casa e leva para dentro do campo. “Por último, um agradecimento especial a minha família, por me ter dado forças, quando elas já eram escassas e por nunca me deixar desistir”.

- PUB -

Mathiola grato em época de adversidade

Impedido de dar o contributo à equipa vitoriana a maior parte da época, devido a lesão, o médio Mathiola é considerado uma das grandes esperanças sadinas na Liga 3. Com qualidades acima da média, o brasileiro, de 23 anos, espera poder ajudar a equipa da mesma forma que fez no arranque de 2020/21, mesmo tendo apenas actuado nas quatro primeiras jornadas da série H do Campeonato de Portugal.

Na hora dos agradecimentos, Mathiola fez questão de frisar o apoio da família. “Mais uma época chegou ao fim e entre as muitas situações adversas que eu enfrentei, fico no agradecimento pois todos os desafios foram superados, agradeço a Deus que sempre esteve comigo e me sustentou, agradeço a minha família que é a minha base e também a minha namorada que lutou comigo essa guerra”, escreveu no seu Instagram.

O médio fez ainda questão de lembrar todos os que estiveram ao seu lado no Estádio do Bonfim. “Agradeço também a todos que fazem parte do Vitória FC, presidente, diretoria, funcionários, fisioterapia que me ajudaram na recuperação, e a todos os meus colegas de equipa, agradeço também aos adeptos que sempre nos apoiaram independentemente das circunstâncias”, vincou, concluindo com um “até à próxima época”.

Ricardo Lopes
Jornalista
- PUB -

Mais populares

Chega apresenta candidatos a Setúbal com vontade de fazer história

Cláudio Fonseca, negro e oriundo da Bela Vista, é cabeça-de-lista à Freguesia de São Sebastião. "Prova que no Chega não há racismo"

Moradores na Quinta da Amizade contestam fogos municipais, mas vereador Carlos Rabaçal promete valorização

Na calha pode estar a construção de 268 fogos. Os residentes temem densidade populacional e perderem conforto   Os moradores na Quinta da Amizade, na freguesia...

Península de Setúbal com mais 29 mil pessoas e Litoral Alentejano perde pouco em dez anos

Censos de 2021 indicam que Palmela é o concelho da península que registou maior aumento da população residente. Odemira é o que mais cresce...
- PUB -