25 Janeiro 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioDesportoSetubalense Hugo Correia tenta a sua sorte na Polónia

Setubalense Hugo Correia tenta a sua sorte na Polónia [COM VÍDEO]

Jogador que foi muito bem recebido no novo clube promete dar tudo para o ajudar a subir de divisão

 

- PUB -

Hugo Correia, de 25 anos, nascido e residente em Setúbal, rumou ao estrangeiro, mais precisamente até à Polónia, com o objectivo de dar continuidade à sua carreira de futebolista.

Em Portugal jogou no Desportivo de Portugal, União Banheirense, Bairro Novo (Moita) na vertente do futsal, e representou também a Quinta do Conde, é avançado, pode jogar extremo-direito ou ponta de lança, tem 1,75 m de altura e o seu pé preferencial é o direito.

- PUB -

Hugo Correia considera que esta ida para a Polónia “é um grande passo” para si porque lhe permite “uma nova experiência como jogador de futebol num país diferente. Está a jogar num clube do campeonato distrital que fica situado a cerca de 30 quilómetros de Varsóvia, o Advit Wiazowna.

“Vim para ajudar o clube a subir de divisão e escolhi a Polónia porque é um país diferente e porque quero dar continuidade à minha carreira de futebolista”, refere o jogador que está muito grato por lhe terem aberto as portas.

“De início tive receio porque é tudo muito diferente, desde a língua à cultura, mas como o meu objectivo é jogar futebol e atingir outros patamares, acredito que esta é uma boa oportunidade para relançar a minha carreira. Com a idade que tenho, o objectivo traçado é a longo prazo”, disse Hugo Correia que quer continuar a jogar futebol por muitos anos.

- PUB -

“Esta pode ser uma boa oportunidade. Estou muito satisfeito por aqui estar e ao contrário do que pensei fui muito bem recebido. Até me ofereceram uma camisola da Polónia, fiquei estupefacto. As pessoas aqui são muito humildes e simpáticas. A mensagem que gostaria de lhes deixar é que não vou ter medo de nada e que irei encarar de frente todos os desafios que surgirem”, rematou Hugo Correia.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Duas das crianças feridas em acidente rodoviário em Palmela em estado grave

O sinistro envolveu três veículos ligeiros e obrigou ao corte de trânsito na EN 5 por mais de três horas

Morreu uma das crianças feridas em colisão automóvel no concelho de Palmela 

Menino tinha cinco anos e havia sido transportado no helicóptero do INEM para o Hospital de Santa Maria. Ontem acabou por não resistir aos ferimentos

MP acusa médico do Centro Hospitalar de Setúbal de homicídio por negligência em caso de morte de bebé num parto

Os factos ocorreram no dia 06 de Fevereiro de 2018, nos serviços de urgência de obstetrícia e estão relacionados com o parto de um feto morto
- PUB -