12 Agosto 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioDesportoVitória já tem certidões da AT e Segurança Social para inscrever equipa

Vitória já tem certidões da AT e Segurança Social para inscrever equipa

A direcção do Vitória Futebol Clube, presidida por Carlos Silva, já tem há vários dias na sua posse as declarações da Autoridade Tributária (AT) e Segurança Social (SS) que vão permitir inscrever a equipa setubalense na Liga 3 ou, caso se concretize a subida no domingo, na II Liga na presente temporada.

- PUB -

No caso da declaração de não dívida à SS, apurou O SETUBALENSE junto de fonte do clube, o mesmo foi obtido na passada sexta-feira com relatório justificativo anexo, enquanto o documento da AT foi obtido depois de o clube ter apresentado a 11 de Maio um requerimento na Repartição de Finanças de Setúbal a pedir a emissão da referida certidão, tendo por base o plano prestacional integrado no novo Processo Especial de Revitalização (PER).

Sem obstáculos burocráticos a impedir o Vitória de competir em 2021/22 na Liga 3 ou II Liga, o conjunto comandado por Alexandre Santana vai entrar domingo em campo, no Estádio Manuel Marques, em Torres Vedras, com a garantia de que, se tudo correr como desejam os sadinos, não irá ter entraves em inscrever a equipa.

Para o sonho da subida de escalão se tornar realidade, o Vitória terá de ganhar ao Torreense e esperar que no outro jogo do grupo o Estrela da Amadora não vença no reduto do União de Leiria. Recorde-se que na classificação, quando estão completadas cinco jornadas, os amadorenses e torrienses somam oito pontos, o Vitória sete e os leirienses, que estão matematicamente arredados da luta do primeiro lugar, quatro.

Comentários

- PUB -

Mais populares

PSP de Setúbal sem meios para se deslocar a atropelamento em frente à esquadra

Acidente na Avenida Luísa Tody fez uma vítima de 88 anos

Hospital da Luz Setúbal confirma nova clínica no centro da cidade

Dr. José Ferreira Santos, director clínico do estabelecimento, confirma pólo adicional para aproximar clientes do centro hospitalar

João Martins: “Deixo uma casa com bom nome e reconhecida”

Criou, desenvolveu e consolidou a Escola Profissional do Montijo (EPM). Ao fim de 29 anos e uns pozinhos, o professor decidiu passar o testemunho
- PUB -