21 Maio 2022, Sábado
- PUB -
InícioDesportoVitória do Desportivo Fabril em Alfarim origina troca de galhardetes entre os...

Vitória do Desportivo Fabril em Alfarim origina troca de galhardetes entre os treinadores

Polémicas à parte, Jorge Prazeres considera que ganhou a equipa mais competente num jogo que já se previa difícil, devido à qualidade do adversário.

 

- PUB -

 

O Desportivo Fabril deslocou-se no passado domingo a Alfarim onde ganhou por uma bola a zero com um golo marcado por Bruninho, aos 67 minutos, num jogo que decorreu debaixo de muito chuva e que ficou marcado por alguma polémica devido à actuação da equipa de arbitragem que não agradou a ninguém e levou mesmo à troca de galhardetes entre os dois treinadores.

 

- PUB -

“Não perdemos com o Fabril mas sim com o senhor Tiago Bolegas porque foi ele que ajudou o nosso adversário a alcançar a vitória” disse  propósito Ricardo Jesus, treinador do Alfarim que é também da opinião que “o jogo ficou marcado pelas constantes agressões do avançado do Fabril que  aos dois minutos com uma cotovelada furou a cara do Márcio e mais tarde fez perder a visão ao Luisão, originando a ambos a sua hospitalização. Quando nós, que andamos no futebol há algum tempo, valorizamos este tipo de postura é sinal de que muita coisa está mal”, insinuou.

 

Jorge Prazeres, por sua vez respondeu da seguinte forma: “Se ele teve dois jogadores agredidos, eu tive mais, só que não foram ao hospital. Não vi por lá nenhuma ambulância, nem vi essa gravidade e não vi nenhum jogador sair combalido a esse ponto. O que vi foi o capitão do Alfarim sistematicamente a procurar o contacto para a falta e vi também uma falta grosseira em que larga a bola e tenta arrancar pela raiz  o Carvalho, o árbitro marca falta mas nem amarelo lhe deu, quando merecia o vermelho directo. Vi também o defesa esquerdo adversário agredir o meu central, sem que tivesse visto qualquer amarelo. Creio que o treinador do Alfarim está a ser injusto. Não quero dizer com isto que não tenha havido uma outra entrada mais forte mas se toda a gente conhece o Bruninho e o Caramelo também toda a gente conhece o Mantorras. As coisas são como são e o que conta são os três pontos e a forma como os conseguimos”, referiu o treinador do Fabril.

- PUB -

 

“Estamos num bom momento”

 

Sobre o jogo, Jorge Prazeres reconhece que não foi fácil sair de Alfarim com a vitória, que considera justa.

“Entrámos muito bem na partida e criámos logo duas situações em que poderíamos ter marcado mas faltou-nos um pouquinho de sorte. O jogo tornou-se depois muito complicado porque o árbitro não teve capacidade para o segurar. As condições climatéricas também não ajudaram porque houve muitos duelos e muitos confrontos mas o Fabril foi sempre uma equipa forte, compacta e ainda viu um golo ser anulado sem se saber porquê. Estamos num bom momento porque a equipa parece que finalmente encontrou o que faltava. Fomos uns justos vencedores. Ganhou a equipa que foi mais competente num jogo que já se previa difícil porque o Alfarim é um adversário que está muito bem orientado, tem uma equipa agressiva, mete sempre muita gente do último terço e tinha marcado em todos os jogos”.

 

O Desportivo Fabril é o terceiro classificado do campeonato distrital da 1.ª divisão com menos três pontos que C. Piedade e Barreirense, que lideram a competição.

Comentários

José Pina
Jornalista
- PUB -

Mais populares

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Jovem sequestrado e violado em casa de banho da estação de comboios de Coina

Rapaz de 16 anos foi abusado por homem de 43. Violador está agora em prisão preventiva

Cidade perde rede de agentes com chegada da Transportes Metropolitanos de Lisboa

Rede com mais de uma dezena de estabelecimentos, construída pelos TST, desfeita com chegada de nova transportadora, prejudicando utilizadores mais velhos
- PUB -