7 Dezembro 2021, Terça-feira
- PUB -
InícioDesporto 2Arrentela regressa ao futebol sénior após sete anos de ausência

Arrentela regressa ao futebol sénior após sete anos de ausência

O Atlético Clube de Arrentela já apresentou a equipa técnica para a equipa de futebol sénior que está de regresso às competições da AF Setúbal, após sete anos de ausência.

- PUB -

A última vez que a equipa arrentelense participou numa prova oficial foi na época de 2014/2015 quando se classificou em último lugar no Campeonato Distrital da 1.ª Divisão, com apenas duas vitórias obtidas nos 30 jogos realizados, numa época muito conturbada que teve quatro treinadores, Vítor Oliveira, David Pequeno, Nuno Pinto e André Branco.

Agora, com a sua situação mais estabilizada devido sobretudo ao bom trabalho desenvolvido pelos elencos directivos liderados por António Cunha, o clube reuniu condições e com elas resolveu regressar à competição a nível de seniores.

A equipa técnica que vai orientar o grupo de trabalho já está definida e também já foi apresentada. Wivaldo Martins será o treinador principal; Tomás Ponge, Bruno Parreira e Miguel Oliveira, os adjuntos; Fábio Leitão e Pedro Sebastião, estagiários; e Fernando Campos, director.

- PUB -

Wivaldo Martins tem 43 anos e está ligado ao futebol como treinador desde a época de 2007 / 2008 como adjunto no Monte de Caparica, na época seguinte assumiu o comando como treinador principal. Depois passou pela formação do Belenenses e Beira Mar de Almada, onde permaneceu cinco épocas consecutivas, foi coordenador técnico do Bissau e Benfica e passou também pelo Almada, C. Piedade, Pinhalnovense e nas duas últimas épocas esteve nos sub-15, sub-19 e sub-22 do Amora.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Tribunal reconhece direito de retenção de casas a famílias de Azeitão após falência de cooperativa

Decisão reconhece que famílias têm os seus créditos "garantidos" e "reconhecidos" pelos montantes que já pagaram, e que, como “consumidores” e por "tradição", têm...

Caso de gripe das aves detectado em Palmela

A DGAV lembrou que não existem evidências de que a gripe aviária seja transmitida para os humanos através do consumo de alimentos, como carne de aves de capoeira ou ovos

Águas de Moura subiu ao segundo lugar da tabela classificativa

Dos três da frente ninguém conseguiu ganhar e quem tirou partido disso foi a equipa orientada por Gonçalo Cruz que é agora vice-líder da competição.
- PUB -