1 Dezembro 2021, Quarta-feira
- PUB -
InícioDesporto 2Covid-19 provocou redução de quase metade de praticantes federados

Covid-19 provocou redução de quase metade de praticantes federados

De acordo com dados fornecidos pela Associação de Futebol de Setúbal relativos ao número de atletas inscritos na época de 2020/2021, os números acabam por confirmar aquilo que era esperado, uma redução drástica de praticantes federados na ordem dos 45%, no futebol e futsal.

- PUB -

 

A época completamente atípica devido aos efeitos da pandemia penalizou fortemente a actividade desportiva, principalmente dos escalões de formação que só voltaram à prática no final do mês de Maio, com a realização da Taça Esperança Concelhia.

 

- PUB -

A AF Setúbal diz que este foi “um cenário penalizador que, acima de tudo, decorreu das limitações impostas pela pandemia de Covid-19, que contrariaram a esperança partilhada pelo universo associativo em ver iniciada uma temporada com a calendarização de provas a disputar com desejável regularidade, ainda que adaptada à realidade, e transversal a todos os patamares etários”.

 

Apesar de tudo, e de acordo com as possibilidades “a AF Setúbal, com a motivação e empenho dos clubes, levou a cabo competições seniores e, em virtude do alívio das medidas restritivas, assegurou, dentro do escasso tempo ainda disponível, a organização de um formato competitivo dedicado aos escalões jovens”, que só tiveram luz verde para avançar “a partir do dia 19 de Abril, com o início dos treinos colectivos”, conforme a Orientação n.º 036/2020 da DGS, na sua versão revista em 31/03/2021, para a retoma das actividades desportivas.

- PUB -

 

Perante esse facto, “a AF Setúbal conseguiu, num curtíssimo espaço de tempo, desenhar, planear e concretizar, com a colaboração dos clubes, a denominada Taça Esperança Concelhia, que teve o seu início no final de maio. Uma prova que, pela adesão registada, veio contribuir de forma fundamental para o aumento, em cerca de 2500 inscrições, do número de praticantes federados, até aí atingido”.

 

Perante esta situação, e contrariando a tendência de evolução positiva que tinha vindo a registar nos últimos anos, a participação na dinâmica competitiva em 2020/2021 não teve a força desejada, com os indicadores do número de praticantes federados referentes a futebol e futsal a revelarem uma significativa redução. Na época desportiva que terminou recentemente, segundo dados avançados pela entidade associativa, foram registados 6876 praticantes federados, menos 5 641 (45%) que na temporada anterior, que teve um total de 12 517 inscrições.

 

 

Barreirense foi o clube com mais atletas inscritos

 

Os vinte clubes com maior número de atletas inscritos foram os seguintes: Barreirense (394), Charneca de Caparica (334), Seixal Clube 1925 (300), Amora (279), Pescadores da Caparica (243), Brejos de Azeitão (231), AD Quinta do Conde (222), Cova da Piedade (211), Pinhalnovense (198), Vitória FC (198), Pelezinhos (169), Vasco da Gama de Sines (156), Palmelense (152), Sonho XXI (147), Desportivo Fabril (145), Grandolense (140), U. Santiago (140), Comércio Indústria (134), Moitense (134) e Alfarim (128).

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Volkswagen anuncia novo investimento de 500 milhões na Autoeuropa nos próximos cinco anos

Valor vai ser aplicado "em produto, equipamento e infra-estruturas", explicou Alexander Seitz
- PUB -