1 Outubro 2022, Sábado
- PUB -
InícioDesporto 2Oriental Dragon 4 Real 3

Oriental Dragon 4 Real 3

  • No acreditar é que está o ganho…

Este foi um jogo verdadeiramente sensacional pela forma como decorreu até ao fim onde a vitória acabou por sorrir ao Oriental Dragon, que foi protagonista de uma fantástica reviravolta.

- PUB -

O jogo começou praticamente com o primeiro golo da equipa de Massamá que abriu o activo quando ainda não estava concluído o segundo minuto e a situação ficou mais agravada quando aos 19 minutos Flávio Silva marcou pela segunda vez. O Oriental Dragon não conseguia assentar o seu jogo e o Real Sport Clube foi para o intervalo a ganhar por 2-0.

Na segunda parte tudo foi diferente, a equipa treinada por Luís Manuel entrou em campo com vontade de dar a volta à situação e Martim Águas reduziu a desvantagem fazendo o 1-2, aos 69 minutos, mas a resposta não demorou e cinco minutos depois João Magno colocou o Real a vencer por 3-1.

Faltavam cerca de 15 minutos para o jogo acabar, o Real tinha dois golos de vantagem e pelo andamento da carruagem tudo apontava para que pudesse regressar a casa com os três pontos, mas de facto não foi isso que aconteceu devido à postura, ao crer e à vontade dos pupilos de Luís Manuel que embalaram decididamente para a conquista da vitória.

- PUB -

Nii Plange, no espaço de dois minutos, marcou por duas vezes e o marcador ficou igualado (3-3) a cerca de cinco minutos do fim, deixando tudo em aberto para o tempo que faltava.

O árbitro deu quatro minutos de compensação e foi precisamente no último lance do encontro (90+4’) que Brash carimbou a vitória do Oriental Dragon que terminou em beleza um jogo que não começou nada bem.

Com esta vitória o Oriental Dragon cimentou a sua posição no terceiro lugar da tabela classificativa.

- PUB -

 

FICHA DO JOGO

Jogo no Juncal Desportos, na Moita

ÁRBITRO: Ricardo Diogo (Beja)

ORIENTAL DRAGON: Júnior Alves; Adilson, Sandro Costa, Diogo Branco, João Pinto; Martim Águas (Brash, 88’), João Guilherme, Marlon; Nii Plange, Nico (Bruno Grou, 58’) e Erik Mendes (Tiago Caeiro, 76’).

Treinador: Luís Manuel

 

REAL: Rafael Van Der Laan; Paulinho (Rodrigo Motas, 58’), Sandro Silva, Romário, Simão Rocha; João Lameira, Ballack (Ibraim Cassamá, 80’), Marcos Barbeiro; João Magno (Danny Choi, 73’), Flávio Silva (Diaby, 80’) e Mateus Fonseca (Diogo David, 80’)


Treinador: Luís Pinto

Ao intervalo: 0-2

Marcadores: 0-1, Flávio Silva (2’); 0-2, Flávio Silva (19’); 1-2, Martim Águas (69’); 1-3, João Magno (71’); 2-3, Nii Plange (83’); 3-3, Nii Plange (85’); 4-3, Brash (90+4’)

Disciplina: cartão amarelo para Adilson (30’), Erik Mendes (45’), Paulinho (45’)

Comentários

José Pina
Jornalista
- PUB -

Mais populares

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos

Alsa Todi não verá mais um cêntimo de Palmela se não cumprir o contrato

Município está indisponível para continuar a financiar o sistema e reclama à TML a aplicação de penalidades à operadora

Bombeira grávida de sete meses diz-se ‘injustamente dispensada’ de serviço

Autoridade para as Condições do Trabalho esteve no quartel da associação
- PUB -