21 Janeiro 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioDesporto 2Oriental Dragon 4 Real 3

Oriental Dragon 4 Real 3

  • No acreditar é que está o ganho…

Este foi um jogo verdadeiramente sensacional pela forma como decorreu até ao fim onde a vitória acabou por sorrir ao Oriental Dragon, que foi protagonista de uma fantástica reviravolta.

- PUB -

O jogo começou praticamente com o primeiro golo da equipa de Massamá que abriu o activo quando ainda não estava concluído o segundo minuto e a situação ficou mais agravada quando aos 19 minutos Flávio Silva marcou pela segunda vez. O Oriental Dragon não conseguia assentar o seu jogo e o Real Sport Clube foi para o intervalo a ganhar por 2-0.

Na segunda parte tudo foi diferente, a equipa treinada por Luís Manuel entrou em campo com vontade de dar a volta à situação e Martim Águas reduziu a desvantagem fazendo o 1-2, aos 69 minutos, mas a resposta não demorou e cinco minutos depois João Magno colocou o Real a vencer por 3-1.

Faltavam cerca de 15 minutos para o jogo acabar, o Real tinha dois golos de vantagem e pelo andamento da carruagem tudo apontava para que pudesse regressar a casa com os três pontos, mas de facto não foi isso que aconteceu devido à postura, ao crer e à vontade dos pupilos de Luís Manuel que embalaram decididamente para a conquista da vitória.

- PUB -

Nii Plange, no espaço de dois minutos, marcou por duas vezes e o marcador ficou igualado (3-3) a cerca de cinco minutos do fim, deixando tudo em aberto para o tempo que faltava.

O árbitro deu quatro minutos de compensação e foi precisamente no último lance do encontro (90+4’) que Brash carimbou a vitória do Oriental Dragon que terminou em beleza um jogo que não começou nada bem.

Com esta vitória o Oriental Dragon cimentou a sua posição no terceiro lugar da tabela classificativa.

- PUB -

 

FICHA DO JOGO

Jogo no Juncal Desportos, na Moita

ÁRBITRO: Ricardo Diogo (Beja)

ORIENTAL DRAGON: Júnior Alves; Adilson, Sandro Costa, Diogo Branco, João Pinto; Martim Águas (Brash, 88’), João Guilherme, Marlon; Nii Plange, Nico (Bruno Grou, 58’) e Erik Mendes (Tiago Caeiro, 76’).

Treinador: Luís Manuel

 

REAL: Rafael Van Der Laan; Paulinho (Rodrigo Motas, 58’), Sandro Silva, Romário, Simão Rocha; João Lameira, Ballack (Ibraim Cassamá, 80’), Marcos Barbeiro; João Magno (Danny Choi, 73’), Flávio Silva (Diaby, 80’) e Mateus Fonseca (Diogo David, 80’)


Treinador: Luís Pinto

Ao intervalo: 0-2

Marcadores: 0-1, Flávio Silva (2’); 0-2, Flávio Silva (19’); 1-2, Martim Águas (69’); 1-3, João Magno (71’); 2-3, Nii Plange (83’); 3-3, Nii Plange (85’); 4-3, Brash (90+4’)

Disciplina: cartão amarelo para Adilson (30’), Erik Mendes (45’), Paulinho (45’)

Comentários

José Pina
Jornalista
- PUB -

Mais populares

Pinhalnovense sem jogadores para jogar fez falta de comparência

A 12.ª jornada do Campeonato de Portugal ficou marcada pela falta de comparência do Pinhalnovense no jogo que deveria disputar em casa com o...

Vereador diz que cães vadios fogem com crânios na boca e acusa PS de tratar mal os vivos e pior os mortos

João Afonso volta a criticar serviço nos cemitérios. Autarca do PSD denuncia ossadas lavadas em tanques da roupa e colocadas em caixas de fruta a secar. Nuno Canta diz que é fantasia

Pinhalnovense não tem jogadores para ir a jogo no próximo domingo

No Campeonato de Portugal a situação está muito complicada para os clubes da região porque o Barreirense está numa posição delicada na tabela classificativa...
- PUB -