6 Outubro 2022, Quinta-feira
- PUB -
Início167º aniversárioAna Luísa Pereira: Médica concilia profissão, empreendedorismo e família na vila que...

Ana Luísa Pereira: Médica concilia profissão, empreendedorismo e família na vila que lhe corre nas veias

Escolheu Grândola para tudo. Constituir família, trabalhar como dentista e investir numa clínica polivalente

Para Ana Luísa Pereira, seguir profissão no sector da Saúde nunca foi uma dúvida. “Sempre soube que queria esta área”, afirma. O que não tinha certeza era sobre a via médica que iria exercer, e acabou por ser na República Checa que começou a decidir-se depois de fazer testes para tirar medicina.

- PUB -

“Percebi, rapidamente, que uma vida a fazer turnos não seria para mim. Então a segunda opção foi a medicina dentária”, conta. O passo seguinte, e por opção pessoal, e também conselho do seu próprio dentista, acabou por se inscrever-se e formar-se na CESPU – Cooperativa de Ensino Superior, Politécnico e Universitário, na zona norte de Portugal.

E foi na mesma faculdade que estagiou durante o 5.º ano do curso. “Quando terminamos o estágio estamos aptos para trabalhar”, comenta. Entretanto, tirou a especialidade de ortodontia e harmonização orofacial.

Natural de Grândola, esta terra alentejana nunca lhe saiu do coração, por isso diz que “sempre quis trabalhar e viver em Grândola”, e decidiu abrir ali uma clínica dentária que fosse “polivalente: saúde e bem-estar e que não transmitisse os receios que tantas pessoas sentem a entrar numa clínica”. E assim nasceu a “bonita” Clínica da Vila de Grândola.

- PUB -

Um espaço de Saúde, que comemorou um ano em Maio deste ano, constituído por várias especialidades, como medicina dentária, osteopatia, medicina geral, psicologia, medicina tradicional chinesa, coaching, hipnose e nutrição. “Tenciono que cresçamos mais e ter mais especialidades”, ambiciona.

Na escolha pela ‘Vila Morena’ importavam ainda outras razões para o estilo de vida que Ana Luíza Pereira pretendia para si mesma; “constituir família, ter tempo, conseguir manter uma vida profissional e, ao mesmo tempo, conseguir aproveitar as avós presentes”. E isso sublinha, “sem elas não seria possível a trabalhar e viver no mesmo local”.

Há ainda outros motivos, a sua filha Maria Carminda, o namorado Nuno, uma relação de três anos, e, ainda, como diz: “três filhas caninas”. E também pelo apoio que recebe das avós. “São elas que me ajudam quando saio mais tarde da clínica ou se tenho formações fora de Grândola”.

- PUB -

Apesar de notar que, “ao longo dos anos, tem havido melhorias visíveis nos cuidados que as pessoas têm quanto aos cuidados de saúde oral”, lamenta que ainda “exista alguma desinformação” nesta área. “Ainda se desvaloriza muito os cuidados de higiene, as consultas de rotina e a relação do médico dentista continua a ser questionada por parte de alguns pacientes”.

Com actividade intensa na clínica, Ana Luísa Pereira encontra na praia um meio para carregar energias. “Assim que começa o bom tempo, e até ao Inverno, vou regularmente à praia”. Mas também diz que, actualmente, “não tem tempo para muito mais”.

 

Ana Luísa Pereira à queima-roupa

Idade: 28 anos

Naturalidade: Grândola

Residência: Grândola

Área: Medicina Dentária

Tem por objectivo fazer com que a saúde dentária entre no hábito regular da população

Comentários

- PUB -

Mais populares

Primeira pedra de construção de empreendimento à beira-rio lançada no município do Barreiro

Novo espaço habitacional pretende atrair famílias locais e jovens a um preço razoável   O lançamento da primeira pedra de construção do novo empreendimento que vai nascer...

Acidente de trabalho com um reboque faz um morto e um ferido

Vitimas estavam a trabalhar debaixo da estrutura que lhes caiu em cima

Polícia Judiciária detém homem em Setúbal suspeito de dezenas de crimes de pedofilia

Suspeito aproveitou-se do facto de coabitar com a jovem de 17 anos para a sujeitar a abusos sexuais, que terão tido início quando a vítima tinha 12 anos
- PUB -